Deus se arrependeu em Gênesis 6.6? Há um erro aqui?

deus se arrependeu antropopaticamente

Em Gênesis 6.6 encontramos uma pergunta usada muito no meio cristão e cético mais ainda, se Deus se arrependeu de ter feito a sua criação ou não! Iremos refutá-la em seguida de uma vez por todas!

Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe em seu coração. Gênesis 6:6

Agora vejamos nos originais:


וַיִּנָּ֣חֶם יְהוָ֔ה כִּֽי־עָשָׂ֥ה אֶת־הָֽאָדָ֖ם בָּאָ֑רֶץ וַיִּתְעַצֵּ֖ב אֶל־לִבֹּֽו׃

E se lamentou (se entristeceu) (ficou magoado)(no coração dele)

Nesta passagem há pelo menos duas figuras de linguagens que serão analisadas. Sem elas qualquer um poderá entrar em uma pseudoverdade de interpretação. A falta de certos conhecimentos linguísticos torna qualquer leitura em um caminho argumentativo subjetivo e falacioso. Sendo assim, é de suma importância ser “vacinado” para não contagiar a mente de ninguém propagando uma eisegese herética! Vamos ver!  


Se arrependeu = uso figurado linguístico para mostrar desprazer com o que aconteceu!

Há sim um erro se interpretarmos que o Criador tenha se arrependido! 


O que houve foi o uso de recursos estilísticos para melhor enfatização! Vejamos dois deles:


Antropomorfismo (parte concreta ou material)

Vem da união de dois vocábulos gregos: anthropos (homem) e morphe (forma). Assim, antropomorfismo é quando Deus aparece ou Se manifesta para o ser humano em forma humana ou mesmo em características humanas atribuídas a Ele mesmo. Ex: [Coração]

Antropopatia (parte abstrata ou imaterial)

Vem da união de dois vocábulos gregos: anthopos (homem) e pathos (paixão). Assim, Antropopatia vem a ser as atribuições de sentimentos e paixões humanas a Deus. Visto que Deus é Espírito, sendo assim, não possui sentimentos iguais aos humanos, essa é uma maneira linguística que o homem tenta usar para aproximar do seu entendimento os sentimentos do Criador Deus. Ex: [Lamentar/entristecer/magoar]


Explicação do porque Deus antropopaticamente se arrependeu!

No capítulo 1.31 Deus viu tudo que fizera, e eis que era muito bom. Isto é, Ele estava completamente satisfeito com o que tinha acabado de fazer. Já no capítulo 6.6 é relatado que Deus se “arrependeu”.

Como entender essas mudanças?

O capítulo 1 e 6 vem nos mostrar realidades de tempos e acontecimentos diferentes.

Pois o primeiro capítulo vem evidenciar os seres humanos na perspectiva do estado original da criação (Causa).
Já o capítulo 6 refere-se à humanidade posterior a queda (Efeito). [Antes do dilúvio]

Então, Deus ficou muito feliz pelo que criou, porém o pecado levou o Criador, que é santo e sem culpa, a se lamentar/entristecer pelos os efeitos que o pecado fez em sua perfeita criação. (Êxodo 32.14/ Efésios 4.30)


Há outras passagens que relatam outros tipos de arrependimento!

Êxodo 32:14, “Então o Senhor se arrependeu do mal que dissera que havia de fazer ao seu povo.”
O termo arrependeu significa mudou de opinião! Essa passagem mostra mais uma aplicação do termo. O contexto revela que Moisés apelou suplicantemente para que Deus mudasse seu pensamento e tal ação teve êxito, pois Deus somente tinha ameaçado com juízo e não decretado imutavelmente!
2 Samuel 24:16, “Ora, quando o anjo estendeu a mão sobre Jerusalém, para a destruir, o Senhor se arrependeu daquele mal; e disse ao anjo que fazia a destruição entre o povo: Basta; retira agora a tua mão”.
Tal termo expressa um profundo sofrimento de Deus e o termo significa que o Senhor afligiu-se em relação ao pecado e à impiedade do homem.


Conclusão através de versículos!

Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?
Números 23:19
E também aquele que é a Força de Israel não mente nem se arrepende; porquanto não é um homem para que se arrependa.
1 Samuel 15:29
Eu, o SENHOR, o disse: viva isso, e o farei, não me tornarei atrás, e não pouparei, nem me arrependerei; conforme os teus caminhos, e conforme os teus feitos, te julgarão, diz o Senhor DEUS.
Ezequiel 24:14
Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.
Tiago 1:17


Artigo produzido por: Marcos Fernando da Silva


 

Slide: https://vamosver.info/Em gênesis 6.6 há um erro

Explicação: https://vamosver.info/Deus se arrependeu

Comentários